Dicas para estudar e aprender


Dicas para estudar e aprender são sempre bem vindas, principalmente se você é daqueles que passa horas estudando e quando chega ao final parece que não aprendeu nada.

Mas você não está sozinho nessa. Muitos alunos relatam o mesmo problema.  Por isso vamos passar várias dicas para estudar e aprender mais fácil.

Inclua essas dicas em seus estudos e você perceberá uma enorme diferença na hora de estudar e aprender. Vamos lá!

Dicas para estudar e aprender:Ensine outras pessoas

Essa é uma lição que vai modificar seu aprendizado, quem ensina aprende mais. Muitas pessoas ainda sentem vergonha ou mesmo por egoísmo se recusam a ensinar os outros. Essas pessoas não sabem o que estão perdendo! Pense nisso.

Dica prática: Faça mini aulas.

Junte amigos e colegas que estão estudando para o mesmo objetivo e fale a eles que você quer preparar mini aulas sobre conteúdos que eles estão com dificuldade e que você domine.

Escolha um tema e estude o suficiente para ensinar alguém, você irá perceber como você conseguirá memorizar o conteúdo com facilidade e como isso vai te ajudar.

Não se preocupe, não precisa ser uma super aula; afinal são seus amigos e colegas. Procure ajudá-los da sua maneira. Além de eles saírem ganhando com uma ajuda extra, você também estará se desenvolvendo.

Dicas para estudar e aprender: qual seu melhor horário

Todo mundo tem um horário em que o rendimento é maior. Por exemplo, tem gente que aprende muito mais no período da manhã, já que a concentração e energia ajudam a aprender com mais facilidade nesse horário.

Descobrir seu horário mais produtivo irá te ajudar a aprender com muito mais facilidade; afinal, não adianta  brigar consigo mesmo. Se durante a manhã você é muito sonolento, esqueça. Estude outra hora.

É obvio que nem todos tem esse privilégio. Para alguns só é possível estudar à noite. Nesses casos, recomendo desenvolver um hábito de estudos para acostumar com a rotina de estudo noturno. É mais complicado, mas é possível.

Dica prática: Como descobrir seu horário mais produtivo?

A melhor maneira de descobrir seu horário mais produtivo é estudando em diversos horários, pois você precisa verificar como fica sua concentração e memorização nesses horários.

Você pode fazer anotações ao perceber que em um determinado horário seus estudos renderam mais, e também anotar quando sua concentração estava menor. Fazendo isso você conseguirá determinar seu melhor horário para aprender.

Dicas para estudar e aprender: Pratique o que aprende

Do que adianta você passar horas e horas na teoria se você não praticar o que aprende. Então você pode chegar e falar , “mas eu estudo com mapas mentais, resumos e esquemas e isso já não é o suficiente?”. É muito bom que você use essas técnicas, mas elas ganhariam ainda mais força se você respondesse questões.

Faça uma pergunta a alguém e automaticamente o cérebro dessa pessoa irá parar todas as atividades para se concentrar em responder a pergunta. Essa concentração é a grande sacada para que o aprendizado se torne ainda mais poderoso.

Dica prática: Sempre resolva questões e provas antigas

Deixe separado em seu computador ou caderno várias questões sobre o que você está estudando e regularmente veja essas questões e as responda. Isso irá te ajudar a colocar em prática o que aprende.

Além disso, questões são ótimas para avaliar seu conhecimento e saber se você está realmente aprendendo o que está estudando. Caso você perceba que não está acertando, pode ser um momento de reforçar os estudos naquele conteúdo.

Dicas para estudar e aprender: Tenha objetivos definidos

De que adianta você estudar se você não sabe para o que você está estudando. Esse erro é bem comum e faz uma diferença muito grande na hora de aprender.

Estudantes e “concurseiros” se esquecem de definir seus objetivos e metas para estudar e com isso acabam tornando o aprendizado ineficaz, pois muitas vezes estudam conteúdos que não são úteis para seu objetivo.

Imagine o seguinte cenário: Seu cérebro é uma máquina que consome muita energia, então qualquer atividade sem utilidade ou sem uma recompensa acaba sendo inútil e por isso ele deixa de executar.

Portanto se você estuda sem objetivo, seu cérebro entende que a atividade de estudar não tem utilidade, logo não é necessário concentração nem memorizar o conteúdo, afinal não será utilizado para nada.

Quando você estabelece objetivo, você envia uma mensagem ao cérebro, algo como “fique em alerta, pois estou fazendo uma atividade importante” com isso seu cérebro assimila e compreende melhor uma informação para estudar.

Dicas para estudar e aprender: Seja persistente

Dica prática: Crie objetivos para estudar.

Se você ainda não tem objetivos definidos para estudar, faça uma pausa e pense bem a respeito, então deixe bem claro quais são seus objetivos ao estudar, isso irá te ajudar muito a aprender mais fácil.

Se quiser pode escrever seu objetivo em um folha e colar em um mural ou em um lugar onde você o veja com facilidade, assim estará sempre lembrando o porque você está se dedicando aos estudos.

Dicas para estudar e aprender: Escreva para aprender

Nos últimos anos a tecnologia tomou conta de tudo e muitos estudantes trocaram o lápis pelo teclado e pelo celular. Ok, isso é um avanço, só que escrever com caneta e lápis ainda é muito útil.

A neurologista Judy Willis é uma das defensoras do uso da escrita com lápis e caneta. Segundo ela, a escrita desenvolve a criatividade e a expressão pessoal. Ambas ajudam no raciocínio cognitivo.

A escrita em ferramentas tecnológicas também possui suas qualidades, porém a escrita cursiva facilita muito mais o aprendizado, já que escrever envolve mais áreas do cérebro e quanto mais áreas você envolve na aprendizagem, mais fácil fica a memorização.

Dica prática: Escreva, escreva e escreva…

Quanto mais escrever, mais fácil se tornará seu aprendizado. Por isso, sempre que puder, escreva. Além disso, a escrita irá te ajudar a organizar melhor seu raciocínio e também te preparar para as redações que você possa ter que fazer em provas e concursos.

 

Fonte: estudareaprender.com