Técnicas de leitura: Como memorizar o que você lê?

Técnicas de leitura: Como memorizar o que você lê?

Você gosta de ler? Se a sua resposta foi positiva, certamente você é uma pessoa com uma bagagem cultural considerável. Já sabemos a importância da leitura em nossas vidas, sabemos também que leitura é sinônimo de conhecimento e que o conhecimento pode nos ajudar a alcançar objetivos pessoais e profissionais. Bom, mais importante do que ler, é compreender integralmente o que está sendo lido e, também, memorizar!

Muitas pessoas têm dificuldade de memorização, o que atrapalha bastante o processo de aprendizado, além de gerar uma grande frustração.

Dicas 

Faça resumos no livro: Para facilitar a leitura e para que você assimile melhor o que está lendo, é importante que você vá, ao longo do processo, fazendo anotações e resumos.

Essa é uma maneira eficiente para facilitar a compreensão, otimizar a interpretação textual e manter a mente funcionando durante seus estudos, além de aumentar consideravelmente a capacidade própria de cognição, que nada mais é do que a função da inteligência ao adquirir um conhecimento;

Fale em voz alta: Saiba que falar em voz alta está entre as técnicas de memorização mais eficientes. Faça um teste: você consegue lembrar-se mais e melhor daquilo que foi dito ou daquilo que não foi dito? Do que foi verbalizado ou daquilo que ficou apenas no plano das ideias? A maioria das pessoas memoriza melhor quando fala, por isso, à medida que a leitura avançar, faça pausas e repita em voz alta aquilo que já foi lido.

Discuta com o livro: A leitura deve ser uma atividade ativa, e não passiva. Isso significa que você deve interagir com aquilo que está lendo, e não apenas aceitar e abrir mão de problematizar as informações.

Quando você questiona, você está transformando informação em conhecimento, deixando de ser um receptáculo de ideias alheias para transformar-se em sujeito de seu aprendizado.

Para que você alcance essa habilidade, marque as partes do livro que não ficaram muito claras e que possam ser motivo de discordância; afinal de contas, nós não precisamos concordar com tudo o que o autor escreve, não é verdade?

Grave seus resumos para escutá-lo posteriormente: Essa dica está entre as mais eficientes e criativas! Ao gravar os seus resumos (lembra-se da nossa primeira dica?), você poderá acessá-los depois de concluir a leitura.

Essa é uma maneira rápida de memorizar o conteúdo sem perder muito tempo e deve ser um complemento da atividade de escrita. Lembre-se: gravar é importante, mas escrever é fundamental! Está cientificamente comprovado que a memória e a criatividade têm uma relação direta com o movimento da escrita.

Fonte: portugues.uol.com.br

Related Articles